APRESENTAÇÃO

IMAGENS







_______________

“Porque hoje é sábado” - morte súbita de um programa de Rádio ?



Habituei-me, durante vários anos, a sintonizar o “rádio” na frequência 105 FM, para ouvir, através da Rádio Terra Nova, o programa “Porque hoje é sábado”. Em cada sábado, das 22h às 23h, tive o privilégio de ouvir o que de melhor se fez em música (nacional e internacional) durante todo o século XX e durante os tempos mais recentes deste nosso século XXI. Entre essa imensidão de canções que muitos de nós fomos ouvindo (e tantas vezes trauteando), estiveram sempre, em lugar de destaque, todas as canções que foram interpretadas (e muitas delas criadas) por mulheres e homens do nosso concelho de Ílhavo. Em muitos desses sábados inúmeros poemas foram ditos ao vivo e “sem rede” aos microfones da Rádio Terra Nova, provocando-nos tantas vezes a doce inquietação que nos fazia viajar pela noite dentro ao reencontro dos nossos melhores Poetas.
Teimando em fazer sempre a emissão em directo, os Autores e Colaboradores do “Porque hoje é sábado” puderam e souberam em inúmeras ocasiões fazer os melhores comentários que a actualidade lhes sugeria, ditos ali mesmo, de microfone aberto, para quem quisesse ouvir. Da mesma forma tiveram a coragem de levar aos Estúdios da Rádio Terra Nova um conjunto multifacetado de personalidades que ao longo destes anos se foram distinguindo em diversas áreas e por diversos motivos, para que não se deixassem no sossego dos seus recantos pessoais e partilhassem os seus sentimentos e projectos com todos os ouvintes.
Sendo verdade que não poderei ser imparcial nesta breve nota sobre o “Porque hoje é sábado”, quer pela amizade que me une aos Autores do Programa, quer pelo facto de, por diversas vezes, ter tido o prazer de participar no mesmo, não quero deixar que, à semelhança do que tantas vezes acontece, apenas nos fiquemos pelo comodismo do silêncio (da cobardia ou do simples desinteresse) quando, por razões que só a Rádio Terra Nova poderá (e deverá?) explicar aos ouvintes, o “Porque hoje é Sábado” foi inesperadamente interrompido, e ao que parece, de forma definitiva.
De pouco adiantará este lamento que, com a ajuda de “O Ilhavense”, decidi tornar público. Talvez ainda seja cedo para avaliar a perda que os ouvintes da Rádio Terra Nova acabam de sofrer. Neste nosso velho jeito de encolher os ombros e de nada dizermos, talvez nem reparemos que assim se vão lentamente encerrando os espaços livres e independentes.

Ao Geraldo Alves, ao João Balseiro, à Dina Ferreira, ao Jorge Neves e ao sempre presente Manuel Basílio, o meu abraço de gratidão pela coragem que tiveram de ultrapassar os limites do provincianismo bairrista. Ficamos à vossa espera em qualquer outro local de onde nos queiram voltar a lançar o desafio para regressarmos como ouvintes.
Porque eu quero acreditar que, como vocês costumavam dizer no vosso “Porque hoje é sábado”,
“…vai valer a pena”


25 De Maio de 2007

Vieira da silva

(publicado no jornal \"O Ilhavense\" de 1 de junho de 2007)


n

__ visitas: 116353